16/04/2012
Safra de cana-de-açúcar será de 602,18 milhões de toneladas

Produção deve registrar aumento de 5,4% na nova safra e a área de corte será de 8.567,2 mil hectares.
    A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) concluiu o primeiro levantamento da safra de cana-de-açúcar para a temporada 2012/13. Os números coletados pela Conab indicam um aumento na produção de cana-de-açúcar de 5,4%, com uma recuperação do rendimento médio das lavouras de 2,9%, que passará de 571,44 milhões de toneladas na safra passada para 602,18 milhões de toneladas na nova safra. A área de corte também apresenta uma pequena elevação passando de 8.368 mil hectares para 8.567,2 mil hectares.
    Para a produção de açúcar, espera-se um aumento próximo de 5,34%, passando de 36,88 milhões de toneladas para 38,85 milhões. A produção total de etanol deve crescer de 22,86 bilhões de litros para 23,96 bilhões, o que representa um aumento de 4,81%.
    A ênfase maior deverá ficar com o etanol anidro, que se destina à mistura com a   gasolina, com um aumento de 7,44%. Para o etanol hidratado, utilizado nos veículos tipo “flex-fuel”, o aumento esperado é de 3,07%.
    O estudo foi realizado por meio de visitas de técnicos a todas as unidades de produção em atividade no país. Com esta metodologia, os técnicos da Conab conhecem em detalhes os “planos de safra” das unidades de produção, que se preparam para o início da moagem da cana. Este processo deve começar em fins de abril e seguir até o mês de novembro.
    As informações obtidas permitiram conhecer as expectativas de todos os produtores sobre o que cada um deles espera do desempenho da próxima safra. Os números que estão sendo divulgados, mais do que uma estimativa oficial, refletem o real potencial de produção dos canaviais em atividade.


Fonte: MAPA, 10/4/12

RGB Comunicação - Agência de Internet e Produtora de Vídeo.