16/04/2012
Nordeste comemora colheita


    Diferentemente do que ocorreu no Centro-Sul, nas regiões Norte e Nordeste a safra 2011/12 de cana-de-açucar deverá ser a maior dos últimos dois anos devido ao clima favorável, segundo o presidente do Sindicato das Indústrias do Açúcar e do Álcool de Pernambuco (Sindaçúcar), Renato Cunha. A estimativa da entidade é que a moagem atinja 65 milhões de toneladas - ante 63 milhões de toneladas do ciclo 2010/11 -, menor apenas que na temporada 2007/08, quando foram processadas nas duas regiões 66,5 milhões de toneladas.

    Até 15 de março, diz ele, foram processadas 63,12 milhões de toneladas da matéria-prima, número que deve subir mais 1,5 milhão de toneladas até o fim da safra, em agosto. Já a produção de açúcar, afirma o executivo do Sindaçúcar, foi de 4,425 milhões de toneladas até 15 de março, e deverá alcançar 4,6 milhões de toneladas. A fabricação de etanol, de 2,030 bilhões de litros até meados de março, deverá ainda avançar para 2,1 bilhão de litros. "Quase não demandamos etanol do Centro-Sul. Na realidade, transferimos para a região", diz Cunha.

    Ele diz que o Nordeste enviou ao Centro-Sul, no fim de 2011, 60 milhões de litros de etanol e recebeu da região nas últimas semanas 12 milhões de litros. "Mas estimamos que até junho vamos precisar de um pouco mais de produto do Centro-Sul", avisa Cunha.


Fonte: Valor Online, 13/4/12

RGB Comunicação - Agência de Internet e Produtora de Vídeo.